Blog

Cinco alimentos que você não deve dar ao seu pet

  • 0 Comments /
  • novembro 13, 2015 /
  • by acesso /
  • Animais de estimação, Animal, Bichinhos, Bichos, Bichos de estimação, Cuidados, Dica, Dicas, Pet /
  • Leave a comment

Bichinhos, principalmente os cachorros, costumam ter o olfato muito apurado, o que faz com que eles sintam o cheiro de comida mesmo que estejam muito longe da cozinha – e venham correndo “pedir” o que quer que seja com aqueles olhinhos fofos. Por isso, às vezes é muito difícil negar os petiscos a eles. Mas atenção: há alguns alimentos que não podem ser ingeridos pelos pets em hipótese alguma. Saiba quais são cinco deles, de acordo com a veterinária Alison Logan.

1. Chocolate

Chocolate nunca deve ser dado aos cachorros e deve ser guardado em um lugar fora de seu alcance.  Os cães são muito sensíveis à teobromina, encontrada no chocolate, dado que eles não conseguem processá-la de forma eficiente.  Os sinais de toxicidade ocorrem dentro de doze horas após ingerir o chocolate e incluem diarréia, vômito, excitação, convulsões e coma.

A quantidade de chocolate que precisa ser ingerida para causar danos depende do tamanho do animal e da quantidade de teobromina encontrada no chocolate.  A dose da teobromina aumenta de acordo com o nível de cacau, então sementes de cacau, pó de cacau e chocolate escuro/amargo têm níveis mais elevados de teobromina do que o chocolate ao leite, sendo que o chocolate branco tem o menor nível.

2. Ração de gato

Os cães gostam de ração para gatos principalmente por conta do seu alto teor de proteína, mas a ração não faz bem a eles no longo prazo.  Cães e gatos são espécies diferentes e as necessidades alimentícias dos cães são bastante diferente das dos gatos – um cachorro não é gato e não deve comer ração para gatos!

3. Uvas

Substituir petiscos calóricos com frutas e legumes é bom, mas nunca dê uvas para o seu cachorro.  As uvas contém uma toxina ainda não identificada que causa insuficiência renal, algumas vezes até quando uma quantidade pequena de uvas é ingerida.  Se as uvas tiverem em uma fruteira, coloque-as em um lugar fora de alcance.  Uvas passas apresentam um risco ainda maior, então guarde bem aquele panetone!

4. Cebolas e cebolinha

Cebolas e cebolinha não podem ser dadas ao cachorro: crua, cozida ou em pó.  Elas contém tiossulfato, substância que não é desativada quando cozida e causa anemia hemolítica nos cães.  Alho e alho em pó contém níveis menores desta substância.

5. Bolas de gordura para pássaros

As bolas de gordura para pássaros selvagens contém um alto teor de gordura e, portanto, chamam a atenção dos cães.  Porém, quando ingeridas, podem resultar em pancreatite.  Sendo assim, sempre deixe os alimentadores de pássaros em locais elevados.

 

 Via Pet Plan.

0 Comments